CBR

 

07

novembro

2013

Atenção ao reajuste de 5,69% da CBHPM

Desde 18 de outubro de 2013, os valores dos serviços médicos passaram a ter o referencial da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM) vigente, corrigida com base no índice de 5,69% do INPC/IBGE. Quanto à Unidade de Custo Operacional (UCO), o estabelecido é 1 UCO = R$ 15,15.

A revisão foi feita pela Comissão de Economia Médica da Associação Médica Brasileira (AMB), que realizou análise autônoma do tema, no período de outubro de 2012 a setembro deste ano.

A informação foi encaminhada por meio de comunicado oficial da Associação Médica Brasileira (AMB), que orienta médicos e prestadores de serviços a adotarem o percentual de reajuste para as negociações com as operadoras e seguradoras de planos de saúde.

A primeira edição da CBHPM foi lançada em 2003, quando os médicos passaram a perceber mais claramente a crescente defasagem dos honorários. Para isso, as entidades médicas nacionais Associação Médica Brasileira (AMB), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Federação Nacional dos Médicos (FENAM) uniram-se às estaduais e sociedades de especialidades, respaldadas pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE-SP), que estruturou o modelo para os reajustes dos procedimentos médicos. Dessa forma, houve a divisão desses procedimentos em 14 portes, com três subdivisões cada um.

levitra professional online buy uk

Fonte: APM

Noticias Aleatórias