CBR

 

04

outubro

2013

CBR 13 começa na próxima quarta-feira, com o pré-congresso

Terá início no dia 9 de outubro, próxima quarta-feira, o XLII Congresso Brasileiro de Radiologia (CBR 13), principal evento promovido pelo Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR). O dia será reservado às atividades do pré-congresso, enquanto que a programação principal acontecerá entre os dias 10 e 12. Neste ano, o encontro será realizado de forma simultânea ao XXVII Congresso Brasileiro de Medicina Nuclear, no centro de convenções Expo Unimed, em Curitiba (PR). As inscrições ainda podem ser feitas no dia do evento.

Com pontuação máxima (20 pontos) na área de Radiologia e Diagnóstico por Imagem pela Comissão Nacional de Acreditação (CNA), no processo de atualização profissional da Associação Médica Brasileira (AMB), o congresso terá entre suas atividades oficiais a Assembleia Geral Ordinária, a ser realizada no dia 11 de outubro, das 11h10 às 12h10, na qual serão apresentados o relatório de atividades da diretoria e o parecer do Conselho Consultivo sobre o relatório da auditoria contábil, além de serem abordados outros assuntos gerais referentes à entidade.

O CBR 13 também terá a apresentação de trabalhos científicos e uma exposição comercial que contará com a presença das mais importantes empresas do mercado de Diagnóstico por Imagem no país.

No dia 9 de outubro, o tradicional pré-congresso terá inúmeros cursos que certamente despertarão o interesse dos especialistas. Confira a seguir as novidades para este ano.

Curso de Oncologia

Coordenado pelo Dr. Adriano Gonçalves e Silva com o apoio do Dr. Juliano Cerci, o Curso de Oncologia terá como destaque tumores do aparelho geniturinário. Profissionais de grande relevância no diagnóstico e tratamento destas doenças, incluindo palestrantes internacionais, ministrarão as aulas no evento. Além de palestras, o curso terá discussão de casos com a plateia de forma interativa, a fim de levar ao público a experiência destes profissionais. “A meu ver, é importantíssima a relação de nós, oncologistas, com os médicos radiologistas e nucleares, tendo em vista que a cada dia que passa o tratamento do câncer se torna mais multidisciplinar. Por isso, fazer este curso durante o CRB 13 engrandece o nosso evento”, destacou o Dr. Adriano Gonçalves e Silva. Confira a seguir a programação do Curso de Oncologia:

Seminário sobre Cooperativas de Saúde do Brasil

O seminário dará um panorama geral do papel das cooperativas de saúde no Brasil, apresentando números, discutindo os direitos e deveres de cooperados Pessoa Jurídica e Pessoa Física e falando sobre as tendências de abertura de serviços próprios das cooperativas. As apresentações ficarão por conta do ex-presidente do CBR, Dr. Jaime Ribeiro Barbosa, do assessor de relações institucionais da entidade, Carlos Eduardo Ferreira de Moura, do advogado que faz parte da assessoria jurídica do Colégio, Gilberto Bergstein, e do Dr. Edevard José de Araújo.

Curso de Física em Ressonância Magnética

O curso traz como ponto principal a apresentação de ideias a respeito da física de ressonância magnética e como empregá-las no dia a dia. A programação foi feita de maneira a apresentar os conceitos de forma prática e de acordo com as necessidades dos médicos radiologistas para atender demandas como: melhorar as imagens da rotina de um serviço, explicar as técnicas e também abordar questões que costumam ser frequentes em provas de certificação. Trata-se de uma nova abordagem desenhada para quebrar conceitos que, em geral, têm afastado radiologistas da física de ressonância magnética.

I Encontro Latino-americano de Radiofarmácia

O curso reunirá pela primeira vez os profissionais de radiofarmácia da América Latina, com o objetivo de promover intercâmbio de informações técnicas e científicas e de discutir o estado da arte em processos e controle de qualidade de radiofármacos.  Participarão especialistas da Agência Internacional de Energia Atômica (IAEA) e da América Latina, que atuam na área de registro de radiofármacos, monografias das farmacopeias e trials clínicos. O curso terá temas voltados para Normativas, Farmacopeia, PET, Spect/CT, Terapia e Ensino.

Curso teórico-prático de Imagem Cardiovascular não invasiva na DAC

O curso é uma parceria entre o CBR, a Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear (SBMN) e a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), representada pela Sociedade Paranaense de Cardiologia (SBC-PR) em uma área de interesse mútuo que tem crescido muito nos últimos anos: a Imagem Cardíaca. Dentro de um modelo teórico-prático, com aulas curtas e muitos casos, os médicos das três especialidades terão a oportunidade de ver não só na teoria, mas também na prática, as vantagens e desvantagens de exames de angiotomografia, tomografia computadorizada, ressonância magnética, ecocardiografia e de medicina nuclear.

Curso AVR

O curso de Assistência à Vida em Radiologia (AVR), que também fará parte dos dois primeiros dias da programação principal, tem como objetivo preparar os médicos para que saibam tomar decisões em situações de emergência, principalmente, em relação às reações adversas que podem ocorrer devido ao uso de contraste em exames.

Hands-on

Os cursos hands-on de Ultrassonografia em Obstetrícia e de Ultrassonografia Musculoesquelética permitem ao participante se atualizar de forma prática sobre novas técnicas e formas de execução do exame ultrassonográfico. Os participantes ficam em contato direto com experientes profissionais e podem tirar dúvidas desde assuntos mais básicos, relativos ao cotidiano de hospitais e clínicas, até temas mais complexos e avançados, além de obter dicas sobre como aproveitar todos os recursos e otimizar a utilização de seu aparelho.

Programação principal

A programação oficial da 42ª edição do Congresso Brasileiro de Radiologia foi organizada de forma a manter um alto nível científico, o que possibilitará aos participantes atualizar seus conhecimentos sobre assuntos que vão desde temas básicos a novidades tecnológicas e avanços da medicina.

Com a participação de 22 professores estrangeiros e cerca de 200 professores brasileiros, serão realizadas palestras nos módulos de: Cabeça e Pescoço; Curso Baseado em Casos; Defesa Profissional e Gestão; Densitometria Óssea; Imagem Cardíaca; Mama; Medicina Interna; Medicina Nuclear; Musculoesquelético; Neurorradiologia; Pediatria; Radiologia em Emergências; Radiologia Intervencionista; Técnico, Tecnólogo e Biomédico; Tórax; Ultrassonografia Geral; Ultrassonografia em Ginecologia e Obstetrícia. Também na programação do evento, o módulo Educação em Radiologia este ano terá dentro de suas atividades o III Encontro Nacional de Aperfeiçoandos e Residentes (Enar).

Confira a seguir algumas das novidades da programação oficial do evento.

Curso Baseado em Casos

Sucesso nos Estados Unidos e na Europa, o Curso Baseado em Casos, que será realizado de 10 a 11 de outubro, acontece da seguinte forma: a história clínica e as imagens ilustrativas de um caso real são apresentadas à plateia, que tem uma participação mais efetiva, elaborando hipóteses diagnósticas. Na sequência, o moderador discute os argumentos a favor e contra cada uma das hipóteses levantadas e apresenta o diagnóstico final com comentários mais aprofundados da doença diagnosticada.

CCRP

A correlação clínica-radiológica-patológica (CCRP) consiste em interpretar os achados de imagem e estabelecer diagnósticos diferenciais, alguns dos principais papéis do radiologista em sua atividade diária. Desde a sua formação como especialista, o radiologista busca aprimorar-se e continuamente adquirir conhecimento, familiarizando-se com novas tecnologias e aumentando sua bagagem intelectual na ciência médica. Esta é uma das razões do sucesso das sessões de interpretação de imagens nos grandes eventos da especialidade. Há várias denominações para estas sessões, mas a sigla CCRP é a mais tradicional entre os radiologistas e o Congresso Brasileiro de Radiologia adota este termo consagrado.

Para as CCRPs deste ano, onde serão discutidos casos especialmente selecionados por seu conteúdo didático, foram separados quatro temas em cada dia, dando ênfase ao raciocínio prático. No dia 11 de outubro, das 16h55 às 18h00, os temas Mama, Pediatria, Neurorradiologia e Cabeça e Pescoço serão apresentados pelo diretor científico do CBR, Dr. Manoel de Souza Rocha. Já no dia 12, entre 16h45 e 17h45, o Dr. Nelson Márcio Gomes Caserta abordará Musculoesquelético, Tórax, Gastrintestinal e Urologia.

“O mestre da medicina brasileira, Miguel Couto, dizia que os diagnósticos em medicina são 90% bom senso e 10% ciência. Uma frase sua ouvida em um congresso americano marca bem o espírito destas sessões de interpretação de imagem: ‘O sucesso é uma jornada, não um destino!’. E é exatamente isto que será visto com os debatedores destas CCRPs em Curitiba”, disse o Dr. Nelson Márcio Gomes Caserta. “Há um fascínio especial quando um debatedor destaca um detalhe obscuro e, a partir dele, desenvolve um raciocínio bem estruturado. Nem sempre isto é possível, mas faz parte do exercício”, completou.

Uma das razões que levam o público a participar da CCRP é a intenção natural de todo radiologista em conhecer a estratégia para se obter um grupo de diagnósticos mais prováveis. O objetivo é justamente este e não importa a obtenção do diagnóstico final exato. Os casos selecionados para discussão mostram imagens dirigidas para a investigação e os debatedores as recebem com antecedência, para um estudo apropriado. À semelhança da prática, o estabelecimento de diagnósticos diferenciais sempre busca o essencial para atender e dirigir os cuidados com o paciente. Este papel didático certamente será um dos atrativos para que se reserve um tempo para as CCRPs.

Noticias Aleatórias