CBR

 

Fórum 03

Na pesquisa de bronquiectasias, o TC de alta resolução precisa de sequencia de inspiração e expiração? A amostragem pode ser de 1 mm pulando 20 mm?

Autor: Dr. Henrique Lederman

Comentários:
    • Nome: Gabriel Garcez Nunes
    • Email:
    • Data: 4 de junho de 2013
    • Cidade:
    • Mensagem:

      Não vejo necessidade de aquisição em expiração em casos de investigação de broncopatia inflamatória, exceto talvez se o paciente tiver espirometria com distúrbio obstrutivo e TC em inspiração mostrando parênquima com densidade homogênea, somente para descartar pequenos focos de aprisionamento aéreo lobular que, todavia, dificilmente têm correlação clínica. Geralmente, pacientes com doença das vias aéreas (clinicamente significativa) têm parênquima heterogêneo na aquisição em inspiração, refletindo aprisionamento aéreo e redistribuição do fluxo arterial pulmonar pela hipóxia e vasoconstrição focal, tornando a aquisição expiratória supérflua. No Serviço de Mme. Remy-Jardin, a aquisição em expiração é feita de 20mm/20mm. Nos poucos casos em que a utilizei, durante 2 anos, nunca modificou significativamente o diagnóstico ou a conduta. Um abraço Dr. Henrique.

  • Deixe uma resposta