CBR

 

25

abril

2012

Médicos de todo o Brasil protestam contra planos de saúde

Cumprindo o cronograma do Dia Nacional de Advertência aos Planos de Saúde, lideranças das entidades representativas dos médicos de todo o Brasil mobilizaram-se na manhã do último dia 25 de abril. Cada Estado organizou-se de uma forma diferente para alertar a sociedade sobre os conflitos vivenciados entre os profissinais e as operadoras de planos de saúde. O CBR também esteve presente, através da divulgação da pauta do movimento e da ação de suas filiadas.

O movimento de advertência está pautado em dois problemas fundamentais: a interferências na autonomia do exercício profissional e a defasagem dos honorários pagos, principalmente nas cirurgias e procedimentos médicos.

“O reajuste da mensalidade dos planos de saúde não é repassado aos médicos, ocasionando um desequilíbrio econômico muito grande, e a pressão intramuros feita pelas operadoras no nosso trabalho também é frequente. Precisamos de contratos com regras claras e que a ANS atue firmemente na solução destes problemas”, avaliou Florisval Meinão, presidente da Associação Médica Brasileira (AMB).

Brasília

Na capital do país a mobilização começou na noite do dia 24/04, quando os médicos acenderam 600 velas em frente ao Congresso. A movimentação teve continuidade na manhã do dia 25, com a distribuição de panfletos explicativos na rodoviária do Plano Piloto. Segundo os profissionais, é necessário que se faça uma reforma na gestão da saúde suplementar no país.

São Paulo

Em São Paulo uma passeata reuniu mais de mil médicos na Avenida Paulista. Representantes do CBR, cuja sede fica na capital paulista, também estiveram presentes na manifestação, carregando faixas com os valores pagos pelas operadoras de planos de saúde por alguns exames básicos como Raios X de Tórax e ecografia gestacional, por exemplo.

Ao final da passeata as lideranças médicas se dirigiram ao saguão de um centro comercial, onde estavam montadas tendas de atendimento e prestaram serviço gratuitaente à população.

Rio Grande do Sul

A Associação Gaúcha de Radiologia (AGR), filiada ao CBR, também esteve engajada no Dia Nacional de Advertência aos Planos de Saúde, ao lado dos radiologistas e demais especialidades. Em Porto Alegre o ato público aconteceu no Anfiteatro da Santa Casa de Misericórdia. Além dos baixos honorários e da constante interferência das operadoras na relação ética dos profissionais com seus pacientes o assunto também abordou a CBHPM. 

Rio de Janeiro

Com cartões amarelos simbolizando advertência e cartazes, médicos credenciados por operadoras de planos de saúde realizaram no centro do Rio de Janeiro, um protesto reivindicando, entre outros itens, reajuste anual dos honorários.

Outros Estados

Também houve manifestações no Acre, Espírito Santo, Maranhão, Pará, Piauí, Rio Grande do Norte, Bahia, Paraíba, Minas Gerais, Pernambuco, Santa Catarina e Sergipe.

 

Noticias Aleatórias