CBR

 

12

maio

2010

Como registrar seu Título de Especialista no CRM

Com o intuito de alertar os médicos radiologistas
quanto à importância do registro de seus Títulos de Especialista no Conselho
Regional de Medicina (CRM), o Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico
por Imagem (CBR) publicou nota referente ao assunto, aqui no site, no dia 02 de
fevereiro de 2010, além de artigo especial no Boletim do
CBR
 - edição março/2010.

No entanto, atendendo a pedidos de
diversos profissionais, segue abaixo um “passo-a-passo” com
informações elaboradas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) sobre como
registrá-los:

* Devem ser enviados ao seu CRM
local os seguintes documentos:

- Requerimento de Serviços Diversos devidamente
preenchido – obtido no CRM local (confira exemplo);

- Carteira Profissional de Médico;

- Certificado de conclusão de Residência Médica
credenciada pela CNRM, devidamente registrado, ou Título de Especialista
emitido pela AMB, de acordo com a Resolução CFM nº 1.634/2002 – original e
cópia.

* Após, o CRM adotará os seguintes
procedimentos:

- Encaminhará a documentação apresentada à Comissão
de Título de Especialista, para análise;

- Registrará o Título de Especialista, fazendo as
devidas anotações na Carteira Profissional de Médico, após aprovação pela
Comissão;

- Emitirá o Certificado de Registro de Especialista
(exemplo aqui).

O CFM observa ainda que o profissional deve
requisitar, junto às entidades certificadoras (AMB e CNRM), a confirmação do
registro e que a solicitação da 2ª via do Certificado de Registro de
Especialista deverá ser requerida no CRM onde a mesma foi registrada.

Sua importância

O Registro de Especialidade, também assim
denominado, é o procedimento pelo qual o CRM reconhece oficialmente as
especialidades e áreas de atuação dos médicos que solicitam o registro de seus
certificados ou títulos emitidos pela AMB e/ou dos certificados de residência
médica credenciados pela CNRM.

Resolução CFM nº 1.634/2002, em seu Artigo 4º, determina que o
médico só pode declarar vinculação com especialidade ou área de atuação quando
for possuidor do título ou certificado a ele correspondente, devidamente
registrado no CRM. A norma que regulamenta o registro é a Resolução nº 1.845/08.

FONTE: Conselho
Federal de Medicina (CFM)

Noticias Aleatórias