CBR

 

21

maio

2010

Cenário econômico do setor de saúde é de alta

O cenário econômico do setor de saúde é de alta. Os
números indicam que o segmento de produtos, equipamentos e suprimentos para a
área de medicina e diagnóstico começa o ano de forma positiva. De acordo com
estudo da Associação Brasileira de Importadores de Equipamentos, Produtos e
Suprimentos Médico-Hospitalares (Abimed), a produção do setor mostra sinais de
recuperação e as vendas cresceram 15% neste começo de 2010.

O ramo industrial do setor de materiais e
equipamentos para medicina e diagnóstico, que apresentou declínio de 11% na sua
produção em 2009, demonstra um crescimento de 5% no primeiro bimestre de 2010,
em relação ao mesmo período do ano anterior.

O estudo, realizado em conjunto com a Câmara
Brasileira de Diagnóstico Laboratorial (CBDL) e Associação Brasileira de
Importadores e Distribuidores de Implantes (Abraidi), também demonstra que as
vendas continuam em alta, com crescimento de 15% no primeiro bimestre de 2010
em relação ao mesmo período de 2009.

O diretor da Abimed, Reynaldo Goto, ressalta que
esse viés de alta do setor é confirmado pela crescente geração de empregos. No
primeiro trimestre de 2010, nas empresas com atividades industriais e
comerciais do setor de materiais e equipamentos para medicina e diagnóstico
foram gerados 2.189 novos postos de trabalho, em relação ao estoque de dezembro
de 2009, de acordo com dados do Ministério do Trabalho. Em março de 2010, o
nível de emprego na soma das atividades do setor já era 6,9% superior ao
observado em março de 2009.

FONTE: Ex-Libris
Comunicação Integrada

Noticias Aleatórias