CBR

 

08

maio

2013

CBR recebe reunião técnica da AMB e Sociedades com a ANS

Na última terça-feira, 7 de maio, a Associação Médica Brasileira (AMB) e suas Sociedades de Especialidade filiadas reuniram-se na sede do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR), em São Paulo (SP), com o grupo técnico da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) responsável pela revisão do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, para auxiliar na revisão das diretrizes de utilização (DUTs) para cobertura de procedimentos na saúde suplementar.

Na parte da manhã, o grupo foi dividido em cinco subgrupos que trataram dos seguintes temas:

Grupo 1: pet-scan oncológico, mamografia digital, embolização de artéria uterina.

Grupo 2: análise molecular de DNA.

Grupo 3: artrodese de coluna com ou sem instrumentação.

Grupo 4: implante de eletrodo e/ ou gerador para estimulação cerebral profunda, implante de eletrodo e/ ou gerador para estimulação medular, implante intra-tecal de bombas para infusão de fármacos.

Grupo 5: angiotomografia coronariana, marcapasso, mapeamento eletroanatômico tridimensional.

À tarde, os grupos dirigiram-se à sede da AMB, também na capital paulista, onde foram apresentados os consensos aos quais chegaram.

Além da Câmara Técnica da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM), representada por Emilio Cesar Zilli, diretor de Defesa Profissional da AMB, participaram ainda os representantes das seguintes sociedades: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR), Sociedade Brasileira de Biologia e Medicina Nuclear (SBMN),  Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), Sociedade Brasileira de Radiologia Intervencionista e Cirurgia Endovascular (Sobrice), Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN), Sociedade Brasileira de Coloproctologia (SBCP), Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), Sociedade Brasileira de Genética Médica (SBGM) e Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC).

Após a apresentação dos consensos, o diretor de Defesa Profissional da AMB afirmou que a discussão técnica entre todos os envolvidos na saúde suplementar não só é possível como é necessária, e também comunicou a intenção de tornar o grupo permanente.

Fonte: AMB

Noticias Aleatórias