CBR

 

24

maio

2013

SP: Protesto contra a chegada de médicos estrangeiros acontece amanhã

Um ato público de repúdio à proposta do Governo Federal de importar seis mil médicos estrangeiros para atender no Brasil, sem os mesmos serem submetidos a uma avaliação para comprovar que estão aptos a exercer uma medicina de qualidade, acontecerá amanhã, 25 de maio, na sede da Associação Paulista de Medicina (APM) em São Paulo.

O protesto terá início às 10h, com a participação de instituições como a própria APM, Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), Sindicatos dos Médicos, Associação Brasileira de Cirurgiões-Dentistas, Conselho Regional de Odontologia de São Paulo, Força Sindical, Proteste – Associação Brasileira de Consumidores, sociedades de especialidades médicas e Sindicato dos Profissionais em Educação no Ensino Municipal de São Paulo, entre dezenas de outras entidades.

Na oportunidade, será divulgada à imprensa e à sociedade a “Carta Aberta aos Brasileiros”, assinada por mais de 100 instituições da sociedade civil, posicionando-se contra a proposta do governo e alertando os perigos que representa à saúde da população.

Encerrado o Ato Público, por volta de 11h30, todos acompanharão uma passeata de estudantes de medicina, que nessa data protestarão em todos os estados brasileiros. Espera-se a participação de cerca de 2000 manifestantes, com apitos e os rostos pintados de verde e amarelo: os caras-pintadas da saúde. O ponto de encontro é a APM, de onde a passeata segue até o Largo São Francisco.

Entenda o caso  

Atualmente, o ingresso de profissionais estrangeiros de saúde no país depende da aprovação no “Revalida”, que atesta os conhecimentos e habilidades na prática da medicina. No entanto, alegando que faltam médicos em áreas afastadas do país, o Governo Federal pretender flexibilizar a Lei e facilitar a contratação de médicos estrangeiros ignorando as leis que estabelecem a avaliação obrigatória.
A Associação Paulista de Medicina está situada na Avenida Brigadeiro Luís Antônio, número 278, no bairro da Bela Vista.

Noticias Aleatórias