CBR

 

02

fevereiro

2010

Registro do Título de Especialista no CRM

Dos profissionais que obtêm o Título de Especialista e Área de Atuação do CBR muitos desconhecem a importância e necessidade de realizar o seu registro junto ao Conselho Regional de Medicina (CRM) local. O Registro de Especialidade, como é conhecido, é o procedimento através do qual o CRM reconhece oficialmente as especialidades e áreas de atuação dos médicos.

A Resolução CFM nº 1.845/2008 (acesse-a aqui) é a sua norma regulamentadora. Para que o processo seja concluído, os documentos apresentados devem estar em conformidade com as exigências nela contidas.

De acordo com o Dr. André Scatigno Neto, Diretor de Comunicação do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), o artigo 4º da Resolução CFM nº 1.634/02 determina que o médico só pode declarar vinculação com especialidade ou área de atuação quando for possuidor do título ou certificado a ele correspondente devidamente registrado no CRM.

“O registro do Título de Especialista no Cremesp é o reconhecimento oficial da vida profissional do médico. Ao registrá-lo ele estará comprovando que está habilitado para exercer a sua especialidade, além de atender a uma norma ética prevista na legislação brasileira”, reforça o Dr. Neto.

Você obtém informações mais detalhadas sobre o assunto na edição de março/2010 do Boletim do CBR.

FONTE: CREMESP

Noticias Aleatórias