CBR

 

21

julho

2010

Médicos residentes aprovam indicativo de greve

A Comissão de Greve da Associação Nacional dos
Médicos Residentes (ANMR), reunida no último dia 15 de julho na sede do
Conselho Federal de Medicina (CFM), aprovou indicativo de greve conforme
assembleias realizadas em todo o Brasil, caso o governo federal não atenda às
seis reivindicações da categoria.

A entidade comunicará o fato oficialmente aos
Ministérios da Saúde e Educação ainda esta semana, dando-lhes um prazo de 15
dias para resposta. “Nossa paciência esgotou e estamos dispostos a
paralisar os atendimentos por tempo indeterminado em todo o país, se o retorno
for novamente insatisfatório”, avisa o presidente da ANMR, Dr. Nivio Lemos
Moreira Junior.

Além do reajuste de 38,7% no valor da bolsa de R$
1.916,45, a pauta de reivindicações dos médicos residentes exige a garantia de
pagamento dos auxílios moradia e alimentação, adicional de insalubridade,
data-base anual, a instituição da 13ª bolsa-auxílio e o aumento da licença
maternidade de quatro para seis meses.

Reconhecimento - O presidente do
CFM, Dr. Roberto D’Ávila, considerou legítimo o movimento reivindicatório
capitaneado pela ANMR. A declaração foi dada no dia 14 deste mês, durante
plenária com as representações regionais da autarquia.

Outras informações sobre o assunto no link a
seguir: Portal ANMR.

FONTE: Assessoria
de Imprensa da ANMR

Noticias Aleatórias