CBR

 

24

fevereiro

2010

O valor do SIM ao ATO MÉDICO

O Projeto de Lei do Ato Médico (PL nº 7.703/2006)
tem por objetivo tão somente regulamentar as ações médicas, fortalecendo o
conceito de equipe de saúde e respeitando as esferas de competência de cada
profissional. De acordo com o PL o médico desenvolverá as
suas ações para a promoção da saúde, prevenção, diagnóstico e tratamento de
doenças, e reabilitação dos doentes
.

 
Colégio Brasileiro de Radiologia e
Diagnóstico por Imagem
 (CBR) é uma dentre as
diversas entidades médicas que apoiam e lutam pela aprovação do referido PL, em
acordo com a atuação do CFM, da AMB e da FENAM, tendo em vista a harmonia e a
eficiência da equipe de saúde, além da proteção à população assistida.

Ao contrário do que alegam representantes das
demais profissões de saúde, a aprovação do Ato Médico jamais culminará na falta
de autonomia para o pleno exercício de suas atividades. Sua finalidade central
é a clareza às funções de cada profissional, definindo, em lei, o alcance e o
limite dos atos médicos.

Com a regulamentação da Medicina mais de 280 mil
médicos brasileiros passarão a ter uma Lei que reconheça sua efetiva
importância social e seu espaço profissional, oferecendo à sociedade
tranquilidade no bom relacionamento que deve existir entre as diversas
profissões envolvidas na assistência à saúde, bem como a qualidade e excelência
à altura das exigências da população.

Para acompanhar o processo de tramitação do Projeto
e conferir informações completas sobre o Ato Médico acesse o link abaixo:

SIM À REGULAMENTAÇÃO!

FONTE: Portal
Médico 
- CFM

Noticias Aleatórias