CBR

 

17

setembro

2010

Atenção radiologistas com Título de Especialista desde janeiro de 2006

De acordo com a Comissão Nacional de Acreditação (CNA), está
chegando ao fim o primeiro ciclo obrigatório de recertificação dos
Títulos de Especialista e dos Certificados de Área de Atuação; e os
primeiros Certificados de Atualização Profissional (CAP) começarão a ser
emitidos a partir de 2011.

No entanto, muitos médicos que obtiveram, a partir de 2006,
o documento que comprova a especialização ainda não se
inscreveram no processo obrigatório de atualização
.

Conforme determinado na Resolução CFM nº 1.772/2005, os Títulos e
Certificados obtidos a partir de 1º de janeiro de 2006 passam a ter validade
de 5 (cinco) anos
. Para os médicos cuja titulação tenha sido
emitida antes desta data, pelas Sociedades de Especialidade/AMB, CFM/CRM
e ainda CNRM/MEC, a participação é opcional.

Porém, a Associação Médica Brasileira (AMB) recomenda que todos os
médicos se cadastrem na CNA, mesmo os que já fizeram a prova de
especialista há muitos anos. Desta forma, ficarão garantidas a constante
atualização dos conhecimentos científicos.

Como – Para recertificar-se, o médico deve acumular
100 pontos em cinco anos. A pontuação é obtida por meio da participação
em eventos presenciais (congressos, jornadas, encontros, fóruns,
simpósios e cursos), eventos à distância (atividades de educação médica
continuada) e atividades científicas (mestrado, doutorado ou
livre-docência na especialidade; tema livre ou pôster; eventos
realizados no exterior; coordenação de programa de residência médica;
edição completa ou capítulo de livro nacional ou internacional e artigos
publicados em revista médica). Todos os eventos devem estar cadastrados
e pontuados pela CNA.

As informações necessárias para participar do processo de acreditação
podem ser acessadas aqui.

FONTE: AMB

Noticias Aleatórias