CBR

 

26

janeiro

2010

5 de fevereiro – Dia Nacional da Mamografia

Discussões e difusão do desenvolvimento da mamografia no Brasil, conscientização da população à sua importância para a prevenção ou detecção do câncer de mama, maior qualidade e acesso de todas as mulheres acima dos 40 anos ao exame. Estas são as conquistas almejadas com a concepção do Dia Nacional da Mamografia, comemorado no próximo dia 5 de fevereiro.

A Lei nº 11.695/2008 é a que instituiu a data e foi criada pela Senadora Lucia Vânia (PSDB-GO), a pedido do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR). A entidade foi prontamente atendida, sendo elaborada uma proposição que se transformou em matéria legislativa em 2004.

A data foi comemorada em 2009, ganhando visibilidade no meio acadêmico, associativo e político, através do primeiro evento pós-promulgação da Lei, realizado na Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro. Participaram das comemorações importantes personalidades da área médica, entre elas os Drs. Hilton Koch – chefe do Serviço de Radiologia do Hospital, Sebastião Cezar Mendes Tramontin – presidente do CBR, Luiz Antonio Santini – diretor do Instituto Nacional do Câncer (Inca) e Carlos Ricardo Chagas – presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM).

A mamografia é o exame mais eficaz no diagnóstico de câncer de mama, uma das principais causas de morte entre as brasileiras. Quando investigada precocemente, a doença possui alto índice de cura, sendo que 97% das pacientes sobrevivem cinco ou mais anos após a descoberta.

Além disso, a busca pela qualidade dos serviços prestados à população brasileira em âmbito público e privado deve ser reforçada, por intermédio da preocupação com a distribuição, manutenção e utilização corretas dos mamógrafos. Por estas razões, são esperadas para o Dia Nacional da Mamografia, em 2010, ampla divulgação e comemoração, com diversos eventos a serem realizados nas grandes cidades brasileiras por radiologistas que se preocupam em oferecer um número cada vez maior de exames com qualidade.

As excelentes condições dos serviços têm sido exigidas e obtidas através da Comissão Nacional de Qualidade em Mamografia do CBR desde 1992, com a criação do Programa de Certificação de Qualidade em Mamografia, que funciona com autonomia, caráter de inclusão e sem características punitivas. O trabalho de seus membros representativos e de grande experiência na especialidade tem contribuído decisivamente para a evolução do método.

Por intermédio da referida Comissão, o CBR disponibiliza programas gerados e controlados pela própria classe médica, com custos acessíveis e que evitam o surgimento de empresas paralelas para exploração do segmento. O uso dos selos de qualidade emitidos pelo Colégio transmite aos médicos solicitantes, à população e às operadoras de saúde maior segurança nos resultados dos exames e um diferencial para os serviços certificados.


Departamento de Comunicação do CBR

Renata Donaduzzi – renata@cbr.org.br
Michele Lopes – michele@cbr.org.br
(11) 3372-4549 / 4544
http://www.cbr.org.br/

Noticias Aleatórias