CBR

 

03

fevereiro

2011

05 de fevereiro – Dia Nacional da Mamografia

Em 05 de fevereiro comemora-se o Dia Nacional da Mamografia, data criada em 2004 pela senadora Lucia Vânia, a pedido do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR), com o objetivo de incentivar as discussões e a difusão do desenvolvimento da mamografia no Brasil, conscientizar a população sobre a importância para a prevenção ou detecção do câncer de mama, e à maior qualidade e acesso de todas as mulheres acima dos 40 anos ao exame.

O dia foi escolhido em homenagem à Santa Ágata, protetora das doenças mamárias e padroeira dos mastologistas, que viveu durante o século III, na Sicília, Itália.

O câncer de mama é uma das principais causas de morte entre as mulheres brasileiras. Diagnosticar precocemente a doença é a melhor maneira de trabalhar pela cura e a mamografia é um dos exames mais confiáveis para detectá-lo.

Antes de realizar a mamografia é importante verificar as condições em que são feitos os exames, pelas clínicas e pelos profissionais. Por esta razão, a busca da qualidade de ambos é uma constante do CBR; as excelentes condições dos serviços têm sido exigidas e obtidas através da Comissão Nacional de Qualidade em Mamografia da entidade desde 1992, com a criação do Programa de Certificação de Qualidade em Mamografia, que funciona com autonomia, caráter de inclusão e sem características punitivas. O trabalho de seus membros representativos e de grande experiência na especialidade tem contribuído decisivamente para a evolução do método.

Quanto ao profissional, está habilitado a aplicar o exame o médico com residência ou curso de aperfeiçoamento em Radiologia e Diagnóstico por Imagem de no mínimo três anos e que possuir o Certificado de Área de Atuação em Mamografia. O mastologista também pode realizar o exame, desde que tenha certificação pelo CBR.

A cada ano são esperadas para este dia amplas divulgação e comemoração, com diversos eventos realizados nas grandes cidades brasileiras, objetivando a busca pela qualidade dos serviços prestados à população em âmbito público e privado, que deve ser reforçada por intermédio da preocupação com a distribuição, manutenção e utilização corretas dos mamógrafos.

Noticias Aleatórias