CBR

 

19

julho

2011

RJ: médicos também poderão suspender atendimentos aos planos

Em assembleia geral realizada no dia14, na sede do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj), os médicos decidiram apontar a Dix, a Medial e a SulAmérica para possível suspensão de atendimento por guias, a ser aprovada em próxima assembleia, caso essas operadoras não atendam às reivindicações: reajuste de 11% e valor mínimo de R$ 50,00 para consultas.

Nas negociações com o Cremerj, a Somerj, a Central Médica de Convênios, a Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro e as Sociedades de Especialidade, a DIX apresentou a proposta de R$ 45,20 e a Medial, de R$ 48 para consultas, valores inferiores ao mínimo reivindicado. Já a SulAmérica não propôs nenhum aumento para os procedimentos.

Durante a assembleia, a presidente e coordenadora da Comissão de Saúde Suplementar (Comssu) do Cremerj, Márcia Rosa de Araujo, relatou as negociações feitas com as operadoras de planos de saúde, observando que as empresas já equipararam os valores dos planos individuais e coletivos. A Bradesco Saúde e a SulAmérica, somente nas consultas.

Os médicos consideraram insuficientes as propostas das operadoras para procedimentos e aprovaram acrescentar às reivindicações a negociação dos valores pagos por métodos diagnósticos (SADT) feitos por pessoas físicas e jurídicas de pequenas empresas.

Fonte : Cremerj

Noticias Aleatórias