CBR

 

21

setembro

2011

Radiologistas gaúchos aderem a dia nacional de paralisação

A Associação Gaúcha de Radiologia (AGR) decidiu apoiar o movimento de paralisação nacional dos médicos. O protesto será realizado nesta quarta-feira, 21 de setembro, com um dia de paralisação de atendimento àqueles convênios que não negociaram reajustes ou que fizeram propostas de reajustes abaixo do reivindicado pelos médicos.

“O fato de termos tido sucesso na negociação com os dois principais planos de saúde do Rio Grande do Sul nos levou a estender essa luta para outros convênios. Também é importante que nós radiologistas estejamos ao lado das outras especialidades médicas engajados nessa luta”, afirmou o presidente da Associação Gaúcha de Radiologia, Silvio Cavazzola.

O pedido é para que os profissionais suspendam os atendimentos em caráter ambulatorial no dia 21 de setembro de todos os convênios, à exceção de Unimed e IPE, com os quais recentemente foram efetuadas negociações que permitiram uma melhora significativa nos valores recebidos. Àqueles que já tiverem exames destes outros convênios, a sugestão da AGR é telefonar para o paciente informando o porquê da suspensão para que possa reagendar o atendimento posterior.

A ação é promovida pelas três entidades médicas nacionais: Associação Médica Brasileira (AMB), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Federação Nacional dos Médicos (Fenam). No Rio Grande do Sul a mobilização conta com apoio de entidades regionais (AMRIGS, CRM e SIMERS).

Fonte: Assessoria de Imprensa da AGR

Noticias Aleatórias