CBR

 

16

abril

2010

Operadoras podem ter que pagar 13º salário a médicos

Profissionais podem passar a receber gratificação
anual, correspondente ao 13º salário, conforme prevê o Projeto de Lei nº
6.989/10, do deputado federal Eleuses Paiva (DEM/SP). O aditivo deverá ser pago
pela operadora de plano de assistência à saúde a qual o médico é credenciado,
independente dos honorários a que fizer jus.

A gratificação vai corresponder a 1/12 dos
honorários médicos pagos entre dezembro do ano anterior e novembro do ano
corrente, e o projeto não se aplica às cooperativas que adotam o sistema de
rateio.

O deputado diz que a gratificação “será um
meio de incentivo para o aprimoramento profissional do médico, devendo ser
utilizada presumivelmente no seu aperfeiçoamento, ou seja, na participação em
cursos, congressos, conferências, simpósios e especializações”.

Ainda de acordo com o autor da proposta, o
pagamento da gratificação vai refletir na melhoria e na qualidade do
atendimento médico, uma vez que, com os conhecimentos atualizados, o
profissional usará sua bagagem científica em prol dos pacientes.

FONTE: FENAM

Noticias Aleatórias