CBR

 

17

fevereiro

2011

Ministério da Saúde estudará remuneração médica

O secretário de Atenção à Saúde, Helvécio Magalhães, confirmou em reunião realizada na última terça-feira (15/02), em Brasília, o apoio à proposta das entidades médicas nacionais de criação de um grupo de trabalho para estudar a tabela do Sistema Único de Saúde (SUS), que discutirá questões relacionadas ao valor da remuneração médica, possíveis distorções, forma de pagamento do código 45 e 7, e também será responsável por reavaliar a forma contratual do Ministério aos hospitais.

“Essa era uma demanda da pauta médica e da Pró-SUS. O médico não participou da construção da tabela SUS. Queremos estudar as distorções”, afirma o 2º vice-presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM) e coordenador da Comissão Nacional Pró-SUS, Dr. Aloísio Tibiriçá Miranda.

Com o objetivo de debater o Projeto de Acolhimento e Classificação de Risco, a regulação do sistema e a questão salarial, o CFM também convidou o secretário Helvécio Magalhães a indicar um representante do Ministério para a próxima reunião da Câmara Técnica de Urgência e Emergência do CFM.
 
FONTE: CFM

Noticias Aleatórias