Mídias Sociais do CBR crescem em número de seguidores e transformam a comunicação com os associados

As redes sociais revolucionaram a forma das pessoas se comunicarem e interagirem. Apesar de, muitas vezes, dividirem opiniões, elas aproximam e facilitam as relações entre as pessoas. De acordo com o relatório Digital in 2018 Global Overview. publicados pelas empresas de marketing digital We Are Social e Hootsuite, 139 milhões de brasileiros são usuários de internet e 62% são usuários de redes sociais. Outro dado relevante é que os brasileiros gastam cerca de 10h por dia navegando na rede, sendo 3h40 a média diária gasta em redes sociais.

Os números mostram a relevância dessas mídias e seu potencial para uma boa comunicação. O CBR está presente nas principais mídias sociais, compartilhando conteúdo de interesse da comunidade radiológica. É a partir das redes que os seguidores recebem informações de cursos, eventos, benefícios, atualizações científicas, discussões de casos, reuniões e ficam por dentro das atividades do Colégio.

“Essa presença é uma evolução do CBR na forma de se comunicar com o seu associado. Hoje vejo a mídia social com uma relevância muito grande, principalmente para disseminar notícias, cursos e conhecimento em geral” afirma o Dr. Hilton Leão, diretor de Comunicação do Colégio.

No Workplace, plataforma de interação que reúne cerca de 8 mil médicos radiologistas, diariamente são compartilhados pelos membros artigos, novidades da especialidade, casos, entre outros conteúdos, proporcionando interação e troca de conhecimento entre radiologistas de todo o Brasil.

Em 2018 o CBR lançou a Pergunta do Dia, iniciativa do CBR onde é publicada uma questão das Provas de Título de Especialista dos anos anteriores e a sua respectiva resposta no dia seguinte. A Pergunta do Dia também é compartilhada no Instagram, onde há intensa interação e participação dos usuários. Em um ano e meio, a conta do CBR no Instagram ultrapassou a marca de 7 mil seguidores.

“Eu fiquei entusiasmado e até espantado com o crescimento tão rápido, visto que outras sociedades também usam essa rede. O Instagram do CBR tem um destaque no número de seguidores e na interação, que é o mais importante. Está claro que as pessoas estão correspondendo às publicações e ao conteúdo dessa mídia”, ressalta o diretor de comunicação.

O crescimento de usuários das mídias sociais na especialidade não se restringe aos mais jovens. Médicos mais experientes também aderiram as redes para compartilhar a vivência e as bagagens adquiridas ao longo do tempo.

Cuidado com as “Fake News”

Combater as “fake News” têm sido um desafio não só para os profissionais da área de comunicação, mas sim para toda a sociedade. O CBR está sempre atento a este ponto, trazendo informação correta não só aos seus associados, mas a todos os brasileiros. Um exemplo recente foi a divulgação em todos os seus canais de uma nota de esclarecimento sobre notícias falsas relacionadas à Mamografia que estavam sendo propagadas nas mídias sociais.

“Tudo pode ser usado para o bem e para o mal. Eu acho que existe um potencial grande para o mau uso, criando desinformação. Mas o movimento que eu vejo de informações relevantes sendo publicadas supera isso”, conclui o Dr. Hilton Leão.

Siga o CBR nas mídias sociais:

Workplace

Facebook

Instagram

LinkedIn

Twitter

Youtube

Escrito por

Gabriela

Deixe seu comentário