CBR

 

CBR e entidades médicas posicionam-se contrários a normatização do Cofen

O Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR) e outras entidades médicas tomaram ciência de resolução normativa do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), ainda a ser publicada, que propõe a realização de ultrassonografia obstétrica por enfermeiros especialistas. Já no ano de 2015, o Conselho Federal de Medicina (CFM) havia se posicionado sobre o assunto, por meio do parecer 622/2015, no qual questiona a legalidade jurídica de normativa do Conselho de Enfermagem sobre o assunto. Em resposta à recente aprovação [...]

Leia mais...

  • CBR e entidades médicas posicionam-se contrários a normatização do Cofen

    O Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR) e outras entidades médicas tomaram ciência de resolução normativa do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), ainda a ser publicada, que propõe a realização de ultrassonografia obstétrica por enfermeiros especialistas. Já no ano de 2015, o Conselho Federal de Medicina (CFM) havia se posicionado sobre o assunto, por meio do parecer 622/2015, no qual questiona a legalidade jurídica de normativa do Conselho de Enfermagem sobre o assunto. Em resposta à recente aprovação [...]

    Leia mais...
  • Qualidade dos prestadores de serviços de saúde já pode ser consultada

    A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou os resultados do Programa de Qualificação dos Prestadores de Serviços de Saúde (Qualiss). Com isso, beneficiários de planos de saúde e demais interessados podem consultar, no site da reguladora, os hospitais, clínicas, laboratórios e profissionais de saúde que atendem critérios importantes relacionados à qualidade assistencial. Por meio do Programa de Acreditação em Diagnóstico por Imagem (Padi), o Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR) é uma das entidades participantes do [...]

    Leia mais...
  • Importância da conciliação de demonstrativos de pagamentos e glosas do padrão TISS

    Antes do padrão TISS (Troca de Informação da Saúde Suplementar), era muito difícil e inviável financeiramente conciliar exame a exame os demonstrativos de pagamento e glosas. A começar pelo simples fato de que muitas operadoras não davam este tipo de informação ou, quando enviavam, a informação não era completa, impossibilitando assim a conciliação sem algum nível de interpretação ou risco de haver baixa em um atendimento errado. Tudo isso perece muito inocente e burocrático, mas, quando analisamos a questão friamente, [...]

    Leia mais...