Prova de Título de Especialista e Certificado de Área de Atuação reúne cerca de 1500 candidatos

No último domingo, 20 de maio, seis cidades do Brasil realizaram simultaneamente a Prova de Título de Especialista e Certificado de Área de Atuação do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Curitiba, Brasília e Belo Horizonte). Ao todo, cerca de 1500 candidatos realizaram a prova teórica e/ou teórico-prática englobando as áreas de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, Ultrassonografia Geral, Ultrassonografia em Ginecologia e Obstetrícia, Ecografia Vascular com Doppler, Neurorradiologia diagnóstica, Neurorradiologia Terapêutica, Densitometria óssea, Mamografia e Radiologia Intervencionista e Angiorradiologia.

De acordo com Dr. Túlio Macedo, coordenador da Comissão de Titulação e Admissão do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, a prova tem registrado uma importante evolução, sendo considerada muito mais amadurecida do que anos atrás.

“A Prova de Título de Certificado de Área de Atuação evoluiu não apenas em número de candidatos, mas principalmente em qualidade do ponto de vista didático, pedagógico e linguístico. Um dado significativo sobre as diferenças em relação às edições anteriores é que agora temos questões que tratam sobre o tema ‘Segurança do Paciente’, o qual não era abordado. Este assunto tem sido crescente em diferentes instituições do mundo todo e para nós não é diferente, afinal a sociedade mudou. Por isso consideramos fundamental que o candidato tenha conhecimento suficiente nesta área, haja vista que ele irá lidar com isso durante toda a vida”, pontuou.

Entre os participantes, o Dr. Vitor Barretos, de Salvador, que fez a prova de Radiologia Intervencionista, contou que é comum os candidatos ficarem apreensivos, pois o conteúdo da prova é muito amplo. Ele também reforçou a importância do Título em sua carreira. “No meio profissional é importante ter o reconhecimento da sociedade. Além disso, proporciona segurança maior para os pacientes e para as instituições onde trabalhamos”.

Já o Dr. Silvano Roberto Ribeiro de Marins, da Santa Casa de Ribeirão Preto, fez a prova de Mamografia e destacou pontos relacionados ao conteúdo. Na sua opinião, a avaliação foi bem elaborada. “Achei a prova bem completa, abordando temas relacionados à parte técnica, patologia, e interpretação do exame mamográfico, além de apresentar questões relacionadas à conduta, como biópsias, o que achei bem interessante”, disse.

Nesta edição da Prova de Título de Certificado de Área de Atuação o CBR entregou como brinde aos candidatos uma “bolinha anti-stress” com a identidade visual do Colégio. O item é feito para ser apertado, diminuindo a tensão muscular e emocional por meio do movimento repetitivo.

No dia 23 de junho candidatos das áreas de Ultrassonografia Geral, Ultrassonografia em Ginecologia e Obstetrícia, Ecografia Vascular com Doppler voltam a se reunir para a segunda fase, constituída pela Prova Prática em Aparelho.

Os candidatos de Neurorradiologia diagnóstica, Neurorradiologia Terapêutica e Densitometria óssea realizarão a Prova Prática na mesma data, a qual, nestes casos, é constituída de uma entrevista.

Já na Prova de Mamografia, também marcada para o dia 23 de junho, a avaliação é baseada em casos práticos.

Os candidatos de Radiologia Intervencionista e Angiorradiologia realizarão a segunda fase no dia 11 de agosto, com avaliação constituída por entrevista.

Todas as informações podem ser obtidas pelo Acesso do Candidato no portal do CBR e também por meio das nossas mídias sociais. Acompanhe!

Escrito por

Simone Máximo

Deixe seu comentário