CBR mostra força em reunião do COPISS da ANS

O Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR) teve papel importante na 90ª reunião do Comitê de Padronização das Informações em Saúde Suplementar (COPISS) que ocorreu no dia 25 de outubro, na sede da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), no Rio de Janeiro (RJ).

Em três pontos que trariam imensos impactos financeiros negativos para os serviços de Radiologia e Diagnósticos por Imagem, assim como para os prestadores, o CBR conseguiu bloquear as iniciativas com apoio do Conselho Nacional de Saúde e a Associação Nacional de Hospitais Privados (ANHAP). Confira a seguir:

1. Mudança no padrão TISS (Troca de Informação de Saúde Suplementar) na entrega do faturamento, na qual as operadoras de saúde poderiam devolver um lote inteiro de guias quando somente algumas estiverem erradas e apenas aceitar o lote quando tudo estiver correto. Como os prestadores dependem de cronogramas de faturamento e, muitas vezes, corrigir as guias com erro não é algo rápido, isso traria impactos grandes e imediatos ao fluxo de caixa das clínicas;

2. Inclusão de críticas ao faturamento na entrega do faturamento, mesmo em campos de preenchimento não obrigatório, trazendo o mesmo tipo de consequência acima;

3. Obrigação dos prestadores corrigirem os dados da operadora das informações enviadas pelo prestador, conforme as regras que a ANS obriga as operadoras a seguir. Isso porque, desde o ano passado, a Agência tem feito críticas à qualidade dos dados enviados pelas operadoras de saúde e exigido que as mesmas corrijam estas informações ou sejam multadas se não o fizerem. Mas muitos destes dados não são de domínio das clínicas, como por exemplo, CRM do médico solicitante correto. Haverá um grupo de trabalho para discutir soluções para a qualidade dos dados enviados.

Mais uma vez, o CBR mostrou sua importância no que diz respeito à defesa da especialidade. A entidade continuará lutando pelos radiologistas e serviços de Radiologia e Diagnóstico por Imagem.

Escrito por

Murilo Castro

Deixe seu comentário