Fórum Nacional de Defesa Profissional do CBR reúne instituições envolvidas no Ato Médico do Médico Radiologista no Conselho Federal de Medicina em setembro

Realizado no dia 20 de setembro e transmitido ao vivo pelo grupo Acontece no CBR do Workplace, o Fórum Nacional de Defesa Profissional do CBR reuniu diversos órgãos e instituições para discutir temas importantes e atuais para os médicos Radiologistas e do Diagnóstico por Imagem.

Sob coordenação da Dra. Cibele Alves de Carvalho, diretora de Defesa Profissional do CBR, o evento foi mais um marco nas inúmeras iniciativas do CBR no campo da Defesa do Médico Radiologista, pela sua realização emblemática no auditório do Conselho Federal de Medicina, com a presença de Conselheiros e de representante da   Associação Médica Brasileira.

Dra. Cibele, em sua apresentação inicial, contou que a ideia de realizar este fórum foi consolidada assim que o Dr. Alair Sarmet Santos assumiu a presidência do CBR, junto com os alinhamentos feitos durante a primeira reunião de 2019 da Comissão de Defesa Profissional e ABCDI. Além disso, reforçou aos colegas a importância de lutar pelo seu valor.

“Existe uma sensação de desânimo diante de tudo o que sofremos nos últimos anos, tanto em relação às inúmeras determinações do Governo Federal quanto aos desafios do mercado e as operadoras, que desejam mudar a forma de remuneração do médico enquanto alcançam lucros milionários. Nosso trabalho tem muito valor e não podemos perder esse foco”, enfatizou.

A Palestra de Abertura foi realizada pelo Dr. Robert Janett, professor da Harvard Medical School e executivo da Cambridge Health Alliance, e teve como tema “Modelo de sucesso da Cambridge Health Alliance no cuidado de mais de 100.000 pacientes com resultados comprovados na redução de custos e aumento da qualidade assistencial com uso de Atenção Primária à Saúde”.

“Essa é uma excelente oportunidade para mim, para conversar com especialistas sobre a necessidade de reformar o sistema de saúde baseado na Atenção Primária, e especialistas frequentemente não conhecem nosso campo e nem os seus benefícios, por isso essa iniciativa do CBR permite-nos engajar em um bate-papo, no começo de um diálogo futuro”, afirmou Dr. Robert Janett.

Além disso, Dr. Janett acrescenta que em razão da fragmentação do Sistema de Saúde brasileiro, é preciso incorporar modelos de integração vertical. “A Radiologia não é maioria, a Atenção Primária não é maioria, hospital não é maioria, por isso temos que integrar em um continente todos esses componentes. O sistema que existe agora depende que o paciente seja o próprio mensageiro e isso tem que ser quebrado. É preciso implementar sistemas de comunicação e coordenação entre os médicos para melhor colaborar com os pacientes, eles têm doenças crônicas e não aguda, e isso representa o acompanhamento do paciente por longo prazo. É preciso outra estrutura de sistema, outros comprometimentos, outras habilidades, e por isso este evento foi uma delícia para mim, pois começamos aqui este processo”, concluiu.

Após a palestra de abertura teve início a primeira mesa-redonda do evento, com o tema “Relação das Operadoras de Saúde e Prestadores”, abordando tópicos como garantia dos direitos dos beneficiários em relação à rede contratada e a ameaça de descredenciamento como estratégia de negociação para redução de valores, sob moderação da Dra. Cibele Alves de Carvalho e participação do representante e gerente da ANS, Gustavo de Barros, e do Superintendente do Procon RJ, Douglas Leonard Queiroz Pessanha.

Já o tema da segunda mesa-redonda foi “Como Evitar a Precarização da Saúde Suplementar no Brasil”, na qual foi discutido  o desenvolvimento de protocolos médicos para melhor orientação dos tratamentos, atenção primária à saúde como forma de prevenção e redução de sinistralidade e prontuário eletrônico com foco na melhoria do atendimento aos pacientes, com moderação da Dra. Alexandra Monteiro, primeira-secretária do CBR, e participação da Dra. Miyuki Goto, como representante da AMB, e Dr. Salomão Rodrigues, conselheiro no  CFM.

No período da tarde, após o intervalo, a terceira mesa-redonda tratou sobre um tema muito atual e que tem sido amplamente discutido: “A Telerradiologia e o mercado de trabalho”. O debate abordou tópicos como Garantias para o cumprimento da Resolução CFM 2107/2014; a Telerradiologia quando a distância não é o fator crítico; A valoração do trabalho; e Como evitar leilão de preços e a concorrência desleal.

As discussões tiveram início com uma breve apresentação da Dra. Cibele Alves de Carvalho, que apresentou a Resolução de Telerradiologia CFM 2107/2014, e uma contextualização da moderadora, Dra. Alexandra Monteiro, primeira-secretária do CBR e representante do Dr. Aldemir Soares, Coordenador da Câmara Técnica de informática em Saúde e Telemedicina do CFM, da qual também faz parte. Participaram desta mesa o Dr. Salomão Rodrigues e Dra. Miyuki Goto.

“Eu coordeno a Comissão de Telerradiologia do CBR desde 2009. O Dr. Fernando Moreira, que era presidente do Colégio na época, foi  pioneiro e inovador, vislumbrando que a tecnologia como é hoje seria inexorável na prática também da saúde. Há dez anos o Colégio antecipou esse cenário porque o mundo já migrava nesse caminho. E hoje estamos na sociedade digital”, ressaltou.

Na mesa-redonda seguinte foram abordados os “Aspectos Legais de Terceirização dos Médicos Radiologistas”, que discutiu a jurisprudências em relação ao item e também as diferenças entre terceirização ou pejotização, bem como o aspecto da legalidade. Esta discussão foi moderada pelo Dr. Alan Skorkowski, da Assessoria Jurídica do CBR, e teve a participação do Dr. Turíbio de Campos, advogado e representante do CFM, e do Dr. Guilherme de Moura, advogado e representante da AMB.

Por fim, a última mesa-redonda abordou o “Futuro da Saúde no Brasil” e propôs reflexões sobre mudanças de lei para garantir direito dos beneficiários e prestadores, projetos de leis para priorizar implantação do prontuário eletrônico e revisão do sistema SUS. O debate foi moderado pelo Assessor Econômico do CBR, Carlos Moura, com participação do Dr. Alair Sarmet Santos, presidente do Colégio, e Napoleão Salles, da Assessoria Parlamentar do CBR.

Não conseguiu acompanhar ao vivo? A gravação continua disponível no Workplace, no Grupo Acontece no CBR. Não deixe de conferir!

Homenagem

O Fórum Nacional de Defesa Profissional do CBR foi marcado por uma importante homenagem ao Dr. Aldemir Humberto Soares, ex-presidente do CBR, em razão do seu último dia como representante da Associação Médica Brasileira (AMB) no Conselho Federal de Medicina (CFM). O presidente do CBR, Dr. Alair Sarmet Santos, juntamente com a diretora de Defesa Profissional, Dra. Cibele Alves de Carvalho, e a primeira-secretária, Dra. Alexandra Monteiro, entregaram a ele uma placa com os seguintes dizeres:

O Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem agradece ao conselheiro Aldemir Humberto Soares por todos os anos prestados na representatividade dos médicos da Radiologia e do Diagnóstico por Imagem perante o Conselho Federal de Medicina, e Associação Médica Brasileira.”

Avatar

Escrito por

Gabriela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Menu