2024-01-10 15:29:53 - 24

Participe da pesquisa de Adoção do Padrão TISS

O Padrão TISS trouxe algumas obrigações para as operadoras de saúde regidas pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar). Uma das mais importantes é a possibilidade do sistema da clínica conversar diretamente com o sistema da operadora de saúde sem custo nenhum para a clínica.

A maior parte dos sistemas RIS do país estão prontos para o uso de Web Service, que é a forma que os sistemas conversam. Os principais impactos positivos são:

1) Redução de tempo de atendimento dos pacientes devido automação da execução de Elegibilidade dos pacientes e autorização dos exames;

2) Redução de Funcionários de Atendimento devido à redução de tempo de atendimento;

3) Redução de Glosas devido aos erros de códigos de autorização;

4) Formalização, em caso de negativa, da operadora de saúde para a clínica poder compartilhar com o paciente e mostrar que não é a clínica que não quer fazer o exame. Assim o paciente vira um agente positivo ajudando a clínica em casos de negativas .

Tudo isso sem custo nenhum para a clínica. Mas precisamos que as clínicas mostrem para a ANS que as operadoras de saúde têm negado a disponibilização desta forma de fazer elegibilidade e autorizar procedimentos de forma automatizada. Para as operadoras de saúde quanto mais erramos mais perdemos dinheiro!

A única forma de mostrar isso para ANS são vocês, de forma expressiva, participarem desta pesquisa, onde não há necessidade de se identificarem, mas mesmo que se identifiquem, o CBR (Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem) não compartilhará seus dados sensíveis e pessoais com a ANS.

O CBR apresentará e compartilhará o resultado por regiões, mostrando quais as operadoras de saúde não têm oferecido esta possibilidade de automação para as clínicas de Imagem. Por isso é extremamente importante que vocês escolham as suas 5 maiores operadoras de saúde regidas pela ANS para responder a esta pesquisa.

Após concluirmos a pesquisa, o CBR compartilhará com a ANS os dados consolidados (não possíveis de identificar a clínica que participou da pesquisa) para a ANS oficiar tais operadoras justificarem porque não estão oferecendo essa possibilidade para os prestadores de sua região.

Quanto mais serviços da região participarem, melhor será o resultado. Contamos com vocês para fazer a diferença."

pt_BRPortuguês do Brasil