2022-08-10 15:22:43 - 16

Falta de contraste e biossegurança dos pacientes no próximo Webinar Padi. Não perca!

A biossegurança dos pacientes diante do momento de escassez de contraste por todo o mundo é tema do próximo Webinar promovido pelo Programa de Acreditação em Diagnóstico por Imagem (Padi). O seminário online acontece dia 16 de agosto, a partir das 19h30, no canal oficial do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR) no YouTube. Não perca!

"Devido à escassez de contrastes radiológicos, torna-se necessário discutirmos conceitos relacionados à biossegurança dos pacientes, para que possamos pensar sobre riscos atrelados a este cenário”, afirma Marcela Padilha Facetto Azevedo, uma das três palestrantes. Ela é enfermeira com doutorado pela EERP-USP, coordenadora de Desenvolvimento de Produtos e Suporte Clínico da Alko do Brasil e docente, em 2021 e 2022, do curso on-line Radiologia e Biossegurança na área da saúde: desafios na prática clínica pela FMRP-USP.

Os outros palestrantes do Webinar Padi “Como a falta de contrastes radiológicos pode impactar a biossegurança dos pacientes?” serão Guilherme Hohgraefe Neto, especialista em Radiologia e Diagnóstico por Imagem, membro titular do CBR e da Comissão de Acreditação em Diagnóstico por Imagem (Cadi) do Colégio; e Bruna Garbugio Dutra, Neurorradiologista do Grupo de Neuroimagem da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e do Grupo Fleury.

Participe ao vivo e interaja com os participantes do Webinar Padi, que vão responder a dúvidas e prestar esclarecimentos:

webinar padi contraste
Clique na imagem para ser direcionado

Outras ações do CBR diante da escassez de contraste

Em julho, o Ministério da Saúde divulgou uma Nota com orientações para racionalização do uso de contraste iodado. O documento foi elaborado em parceria com o CBR e outras entidades.

“A escassez de meios de contraste é global e de grande preocupação. A interrupção nas cadeias de suprimento, produção e distribuição ocorre principalmente por consequência da pandemia da Covid-19, na China, uma vez que medidas de lockdown foram decretadas localmente, impactando na cadeia de produção das indústrias chinesas”, diz a nota. “Uma das principais empresas afetadas, o laboratório GE Healthcare, informou que a fábrica de Xangai havia sido afetada, mas que, desde o início do mês de junho, retomou em 100% a capacidade de produção. No entanto, devido à escassez no mercado internacional, ainda há a dificuldade no atendimento e normalização da relação entre oferta e demanda”, continua o documento.

A diretora cultural do Colégio, Mayra Veloso, participou inclusive de uma apresentação de representantes do Ministério sobre o problema.

O CBR tem realizado uma série de iniciativas nos últimos meses para discutir alternativas no momento de escassez de contraste. Em junho, foi promovido um webinar sobre o tema que contou com uma palestra de Guilherme Hohgraefe Neto com recomendações e alternativas. “Não podemos abrir mão da qualidade, de procurar soluções preservando a qualidade”, destacou o presidente do Colégio, Valdair Muglia. A diretora científica do CBR, Luciana Costa, também deu entrevistas à Record TV e ao Grupo Bandeirantes sobre a escassez de contraste.

CBR22

Meios de contraste também serão tema de uma das diversas palestras do 51º Congresso Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR22). Um dos principais eventos da radiologia, o CBR22 será realizado de 1º a 3 de setembro, em Florianópolis (SC), com atividades científicas de 16 subespecialidades e outros temas de interesse. O Congresso está com inscrições abertas, com desconto para quem se antecipa. Aproveite!

en_USEnglish